Blog
Saiba das novidades do mundo da fotografia
e mais um pouco da carreira de Fabio Ferreira!

13 de junho – Dia do Santo Antônio

13407115_1080750745317280_3570686447849674714_n

Por que Santo Antonio tem fama de casamenteiro?

Conta a lenda que certo dia, em Nápoles, havia uma moça muito bonita, cuja família não podia pagar o dote para ela se casar. Certa vez, a moça,  ajoelhada aos pés da imagem de Santo Antônio, pediu com fé a ajuda do Santo que, milagrosamente, lhe entregou um bilhete e disse para entregá-lo a um determinado comerciante. No bilhete, ele pedia ao comerciante que desse a ela moedas de prata equivalentes ao peso do papel. O comerciante não se importou, achando que o peso daquela folhinha era insignificante. Mas, para sua surpresa, foram necessários 400 escudos da prata para que a balança atingisse o equilíbrio. Foi nesse momento que o comerciante se recordou que outrora havia prometido 400 escudos de prata ao Santo, e nunca havia cumprido a promessa. Santo Antônio, então, viera fazer a cobrança daquele modo maravilhoso. A jovem moça pôde, assim, casar-se de acordo com o costume da época e, a partir daí, Santo Antônio recebeu, entre outras atribuições, a de “O Santo Casamenteiro”.

Santo Antonio, que era frade franciscano ajudava sempre os pobres e todos os dias distribuia alimento aos que passavam fome. É por isso que em vários lugares existe o costume de seus devotos distribuírem alimentos e pães para ajudar os mais carentes. No dia da festa do santo acontece também a distribuição dos pãezinhos. Muitas pessoas os colocam dentro dos potes de farinha ou de algum outro alimento, presente na despensa, para que nunca falte a comida em suas casas.

Santo Antonio é o santo mais popular do Brasil.

Google + Google It